top of page

Playlist VANGUARDA PAULISTA 80's, por Carlos Castelo



Língua de Trapo, foto: https://www.instagram.com/p/BN5vsHTAnW_/




Poesia e música andam juntas. Desde a Grécia antiga, passando pelos trovadores até... a Vanguarda Paulista dos anos 80! Ritmo, melodia, rimas, imagens - uma letra de canção pode ser também um poema.


Pedimos a Carlos Castelo (@casteloveomundo), o letrista que assinava as canções do grupo Língua de Trapo como Carlos Melo -- seu nome-disfarce usado na época da ditadura militar -- que nos indicasse algumas canções. O resultado é a playlist: "VANGUARDA PAULISTA 80's" com nomes como Arrigo Barnabé, Rumo, Língua de Trapo, Grupo Um, Tetê Espíndola.


Você pode conferir em nosso Spotify:





"No final de 1979, eu era estudante de Jornalismo. Apesar de escrever poesia desde adolescente, não imaginava que, em breve, me tornaria letrista de um dos grupos mais cáusticos e debochados já paridos no Brasil: o Língua de Trapo. Dali a alguns meses várias de minhas canções faziam parte do repertório da banda, e ressoavam no Teatro Lira Paulistana. Estávamos na ribalta ao lado de Itamar Assumpção, Rumo, Premeditando o Breque, Arrigo Barnabé. E haviam nos batizado de Vanguarda Paulista. A playlist que montei do período, de acordo com meu gosto pessoal, merece muito ser ouvida. Ainda mais nesses tempos de retaguarda brasileira".


Carlos Castelo



Aproveite para conferir também outras de nossas playlists: "Chico Science, por Xico Sá", "Patti Smith, por Júlia Rocha e Gustavo Galo", "Bob Dylan, por Fabrício Corsaletti", "David Bowie, por Dirceu Villa"!








Comments


bottom of page