top of page

Maria Firmina dos Reis



Maria Firmina dos Reis (1822-1917) foi a primeira mulher romancista brasileira, negra, maranhense, publicou o romance “Úrsula” em 1859, obra que trata das injustiças e opressões numa sociedade patriarcal e escravagista. Maria Firmina foi professora, musicista e compositora. Também escreveu contos, crônicas e poemas.


Apesar de sua intensa atividade como escritora, abolicionista e educadora, ela foi literalmente apagada da nossa história. Não há nenhuma fotografia, nenhuma pintura de Maria Firmina dos Reis, originária de sua época. Como não é pouco comum, a escritora de história trágica faleceu aos 92 anos, cega e pobre e apenas recentemente passou a ser lida e estudada.


Todos os retratos da autora foram feitos com base em descrições faladas da época, na tentativa de atribuir um rosto e um corpo à Maria Firmina. A ilustração que trazemos aqui é de autoria de André Valente.













Poemas do livro Cantos à beira-mar, de 1871.








bottom of page