top of page

#apoetadesabado Marina Tsvetáieva - O sol é um só. Por toda parte caminha.




Marina Tsvetáieva



Marina Tsvetáieva nasceu no dia 26 de setembro de 1894, em Moscou, Rússia. Considerada uma das principais poetas russas do século XX, teve, no entanto, a maioria de suas obras publicadas somente após a II Guerra Mundial, poucos anos depois de sua morte.


A seguir, algumas das obras publicadas no Brasil e em Portugal:


Poesia

Depois da Rússia: 1922-1925. Marina Tsvetaieva. [tradução Filipe Guerra e Nina Guerra]. 1ª ed., Lisboa: Relogio D'agua, 2001.

Marina - Marina Tsvietáieva (Марина Цветаева).. [prefácio, seleção e tradução Décio Pignatari]. edição bilingue. Curitiba: Travessa dos Editores, 2005.

Indícios flutuantes: poemas. Marina Tsvetáieva.. [Prefácio e seleção Aurora Fornoni Bernardini]. edição bilingue. 1ª ed., São Paulo: Martins Fontes, 2006.


Prosa

O diabo. Marina Tsvetaieva. [tradução Manuel Dias]. 1ª ed., Lisboa: Relogio D'agua, 1994.


Antologia (participação)

Poesia russa moderna. [tradução e comentários de Augusto de Campos, Haroldo de Campos e Boris Schnaiderman]. São Paulo: Editora Brasiliense, 1985.

Poesia da recusa. [introdução e tradução Augusto de Campos]. São Paulo: Perspectiva, 2006.

Poetas russos. (Aleksandr Blok Anna Akhmatova Boris Pasternak Bulat Okudjava Ievgueni Ievtuchenko Marina Tsvetaieva Serguei Iessienin Vladimir Mayakovsky).. [tradução Manuel de Seabra]. 1ª ed., Lisboa: Relogio D'agua, 1995.





**Depois da Rússia: 1922-1925, Relofio D'agua, 2001. Tradução Filipe Guerra e Nina Guerra.







bottom of page