top of page

A poeta de sábado é Alda do Espírito Santo




Alda do Espírito Santo, poeta, professora e ativista santomense. Nascida em 30 de abril de 1926, frequentou a escola primária na então colônia de São Tomé e completou o ensino secundário na cidade de Porto, em Portugal.


Em Lisboa se juntou à Casa dos Estudantes do Império, uma associação de estudantes das colônias portuguesas e foi uma das fundadoras da associação cultural Centro de Estudos Africanos em 1951.


De volta a São Tomé, liderou em 1974 um grupo de mulheres em uma manifestação em frente ao palácio do governo contra suspeitas de envenenamento da água e do sal pelos portugueses. Depois da independência, essa data foi declarada Dia Internacional da Mulher.


Alda do Espírito Santo escreveu o hino nacional de São Tomé, “Independência Total”. Após a emancipação do país, tornou-se Ministra da Educação e Cultura do governo de transição, foi presidenta da Assembleia Popular Nacional (1980-1990), e desde 1987 até a sua morte, presidiu a União de Escritores e Artistas de São Tomé e Príncipe (UNEAS).


Os poemas selecionados fazem parte do livro "É nosso o solo sagrado da terra" (Ulmeiro, 1978).




























Comments


bottom of page