top of page
Lançamento do livro Melro, de Edimilson de Almeida Pereira
Lançamento do livro Melro, de Edimilson de Almeida Pereira

Lançamento do livro Melro, de Edimilson de Almeida Pereira

Data: 29 de abril (sábado) Horário: das 16h às 18h https://bit.ly/melrozoom

O registro está fechado
Ver outros eventos

Local e Horário

29 de abr. de 2023, 16:00 – 18:00 BRT

Transmissão via zoom

Sobre o Evento

A Editora 34 e A Capivara Cultural convidam para o bate-papo virtual sobre o livro de poemas Melro, de Edimilson de Almeida Pereira

com a participação de Fabio Cesar Alves (USP), Maria Esther Maciel (UFMG) e Cide Piquet (Editora 34).

Seja no ensaio, na prosa ou na poesia, Edimilson de Almeida Pereira vem criando uma obra que propõe a cada passo novos diálogos com a tradição e formas inéditas de pensar e expressar algumas das questões mais prementes do nosso tempo. Não é diferente o

caso de Melro que, ao lado de Relva (2015) e Guelras (2016), compõe a trilogia Melancolia, nascida no contexto agônico que tomou o Brasil e o mundo de 2014 para cá.

Numa dicção que ecoa, por vezes, a melhor poesia social de Drummond, conversando ou homenageando figuras como Davi Kopenawa, Wole Soyinka, Dylan Thomas, James Baldwin e Carlos de Assumpção, Melro atravessa os eventos dos últimos anos com poemas que performam o ambiente de ascensão do horror e suas reverberações na vida cotidiana, configurando uma poética do exílio que busca, segundo Fabio Cesar Alves, “salvar os vestígios de uma existência em retração”. 

“A língua surtou,

mas ainda solucionamos alguns crimes.

Uma árvore e seus netos falam entre si.

Se há saída, rosto escuro na floresta é o seu nome.”

Edimilson de Almeida Pereira nasceu em Juiz de Fora, MG, em 1963. É poeta, ensaísta e professor de Literatura Portuguesa e Literaturas Africanas de Língua Portuguesa na Faculdade de Letras da Universidade Federal de Juiz de Fora. Possui uma obra extensa

e múltipla, com publicações nas áreas de poesia, ensaio e prosa, na qual se destacam: Zeosório blues (2002), Lugares ares (2003), Casa da palavra (2003), As coisas arcas (2003), Relva (2015), Maginot, o (2015), Guelras (2016), Qvasi (2017) e a antologia Poesia + (2019) — poesia; Malungos na escola: questões sobre culturas afrodescendentes e educação (2007) e Entre Orfe(x)u e Exunouveau: análise de uma estética de base afrodiaspórica na literatura brasileira (2017) — ensaio; Um corpo à deriva (2020), O Ausente (2020, Prêmio Oceanos) e Front (2020, Prêmio São Paulo de Literatura) — prosa.

Maria Esther Maciel é escritora, pesquisadora e professora titular de Literatura Comparada da UFMG. Atua, desde 2019, como professora colaboradora da Pós-Graduação em Teoria Literária da UNICAMP. Possui doutorado em Literatura Comparada pela UFMG e pós-doutorado em cinema pela Universidade de Londres. Suas publicações incluem, entre outros livros, A memória das coisas

– ensaios de literatura, cinema e artes plásticas (Lamparina, 2004), O livro dos nomes (Companhia das Letras, 2009), Literatura e animalidade (Civilização Brasileira, 2016), Longe, aqui - poesia incompleta (Quixote+Do, 2020) e Pequena enciclopédia de seres comuns (Todavia, 2021). É diretora editorial da revista Olympio – literatura e arte. 

Fabio Cesar Alves é professor de literatura brasileira na USP e autor de Armas de papel: Graciliano Ramos, as “Memórias do cárcere” e o Partido Comunista Brasileiro (Editora 34).

Cide Piquet é editor, tradutor e poeta. Trabalha na Editora 34 desde 1999, atuando especialmente nas coleções de poesia, literatura russa e literatura estrangeira. Traduziu 20 haicais de Issa, de Kobayashi Issa (Igarapé, 2020, e-book disponível na plataforma Issuu), Só para maiores de cem anos, de Nicanor Parra (Editora 34, 2018, com Joana Barossi), Esta vida: poemas escolhidos, de Raymond Carver (Editora 34, 2017), Histórias para brincar, de Gianni Rodari (Editora 34, 2007), entre outros. Ministrou cursos sobre edição e tradução na Casa Guilherme de Almeida, Casa das Rosas, Espaço Cult, Universidade do Livro e na Escola de Comunicações e Artes da USP, em São

Paulo.

Trasmissão ao vivo via zoom das 16h às 18h.

https://bit.ly/melrozoom

Compartilhar evento

bottom of page