top of page
ESCREVER SEM ESCREVER: literatura, apropriação, tramas e dados no século XXI  por Leonardo Villa-Forte
ESCREVER SEM ESCREVER: literatura, apropriação, tramas e dados no século XXI  por Leonardo Villa-Forte

ESCREVER SEM ESCREVER: literatura, apropriação, tramas e dados no século XXI por Leonardo Villa-Forte

Datas: 08, 15, 22 e 29 de Outubro, sextas-feiras, das 19h30 às 21h30. Transmissão via Zoom.

Inscrições encerradas!
Consulte a nossa agenda

Local e Horário

08 de out. de 2021, 19:30 BRT – 29 de out. de 2021, 21:30 BRT

Transmissão via Zoom

Sobre o Evento

Os 4 encontros têm como base a pesquisa que resultou no livro publicado pela Editora Relicário, Escrever sem escrever: literatura e apropriação no século XXI (Menção Honrosa no Prêmio Casa de Las Américas 2020), acrescida de novos estudos sobre uma poética de cruzamento com a linguagem digital e os bancos de dados.

Além das aulas com conteúdo teórico, diálogo e atividades práticas, A Capivara e a Relicário incluem nessa experiência o livro  Escrever sem escrever a ser entregue em qualquer lugar do Brasil, sem custo adicional.

Vamos investigar jogos artísticos entre fontes, origens e reescritas, deslocamentos, montagens, citações, piratarias e outras formas de habitar o texto, usando, como disparadores, textos de Angélica Freitas, Marília Garcia, Adelaide Ivánova, Rui Pires Cabral, Jen Bervin, Kenneth Goldsmith, Jonathan Safran Foer, entre outros, além de obras musicais e audiovisuais de DJs e artistas.

A discussão circula em torno das noções de remix, escrita não-criativa/recriativa, gênio não-original, pós-espanto, escrita sampler, poesia conceitual, tradução algo infiel e literatura expandida, com base em pensadores como Lev Manovich, Antoine Compagnon, Eduardo Navas, Marjorie Perloff, Ana Pato, Fernanda Bruno, Byung Chul-Han, Gilles Deleuze, entre outros.

O que pode a escrita hoje, em um estado de tantos deslocamentos? O que pode a leitura hoje, em um estado de tantas derivações? Fazer com, fazer por meio de, fazer em reunião, fazer através, não fazer. Autorias como curadorias. Gestos de DJs e máquinas. Escritas de leitores. Leituras que já são escritas. Os textos que nos leem. Nós que lemos os textos. Arquivos e dados. As telas e interfaces que nos leem. Nós que lemos telas e interfaces.

📌 Aula on-line via Zoom

➡️ Datas: 08/10, 15/10, 22/10 e 29/10 (sextas)

➡️ Horário: das 19h30 às 21h30

Os 2 primeiros encontros serão expositivos, com debate e conversa com os alunos e alunas. Do terceiro em diante haverá uma parte expositiva e outra parte com exercícios dos participantes, comentados pelo professor em aula.

Dia 1

> A mesa de trabalho se transforma: contextualização de uma situação remix

> A colagem e o desvio mudam os rumos da arte

> O trabalho da citação

> Somos todos semionautas

> Velocidade: fragmento

> Algumas obras contemporâneas que dialogam com uma proposta de escrever sem escrever

> Escrita criativa e escrita não-criativa. Escrever com. Escrever através.

> Modos de leitura como modos de autoria

> Percurso como escrita

Dia 2

> Diálogos entre pintura, escrita, música e audiovisual

> O leitor como coautor

> Tecnologia e percepção

> Linguagem como matéria

> Restrição como impulso

> Escrita conceitual

> Show, don’t tell - Expor e contar. Mostrar e narrar

> Proposta de exercício (A)

Dia 3

> Estruturação da experiência

> Narrativa e montagem

> Drama na era dos dados

> O sujeito quantificado

> Excesso e insensibilidade

> Poéticas de arquivos de si

> Comentário aos exercícios realizados e proposta de novo exercício (B)

Dia 4

> Arte e texto na era da biopolítica

> Interface como forma poética

> Rastros, traços, vestígios

> Reificação

> Dataísmo

> Desvirtualização

> Comentários aos exercícios realizados e conversa aberta

Leonardo Villa-Forte é escritor e pesquisador. Autor de Escrever sem escrever: literatura e apropriação no século XXI, ensaio agraciado com Menção Honrosa no Prêmio Casa de Las Américas 2020; O princípio de ver histórias em todo lugar, romance; O explicador, contos; Agenda (megamíni, 7letras), Hotel (conto, Amazon). Contribuiu para revista serrote, Blog do IMS, Revista Pessoa, Época, entre outros. Criou o Paginário, série de murais em cidades de Brasil, Portugal e Espanha, e o MixLit – O DJ da Literatura, plataforma de literatura remix. Formado em Psicologia pela UFRJ, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-RJ

Ingressos

  • Inscrição Integral

    (Pagto. em até 3X)

    R$ 350,00
    Vendas encerradas
  • Inscrição + Doação

    (Pagto. em até 3X) - A quantia doada acima do valor integral do ingresso nos ajuda a manter o nosso programa de bolsas (apoie um aluno)

    R$ 450,00
    Vendas encerradas
  • Inscrição Ex-alunos Capivara

    (Pagto. em até 3X) - Destinado exclusivamente aos alunos que já fizeram algum de nossos cursos pago

    R$ 320,00
    Vendas encerradas
  • Inscrição Social (50%off)

    (Pagto. em até 3X) - Destinado a estudantes de graduação e pós graduação, bolsistas CAPES/CNPq e pessoas em situação de vulnerabilidade social. (Vagas Limitadas)

    R$ 175,00
    Esgotado

Total

R$ 0,00

Compartilhar evento

bottom of page