top of page
Entendendo o Racismo Ambiental, com Ana Sanches, Izabela Santos e Maria Carolina Casati
Entendendo o Racismo Ambiental, com Ana Sanches, Izabela Santos e Maria Carolina Casati

Entendendo o Racismo Ambiental, com Ana Sanches, Izabela Santos e Maria Carolina Casati

Data: 27 de julho (quinta-feira) Horário: das 19h00 às 20h00

O registro está fechado
Ver outros eventos

Local e Horário

27 de jul. de 2023, 19:00 – 20:00 BRT

Transmissão via zoom

Sobre o Evento

Você sabia que as populações negras, indígenas, caiçaras, quilombolas, pesqueiras, periféricas, entre outras, são as que mais sofrem com os impactos desproporcionais das tragédias e crimes ambientais no Brasil? E que são também as pessoas que menos ocupam os espaços de poder e de decisão?

Neste encontro gratuito, vamos compreender o que é Racismo Ambiental e dialogar sobre as problemáticas que causam esse fenômeno, os variados recortes desses impactos e suas possibilidades de enfrentamento.

E o que tem a literatura (e as artes em geral) a ver com isso? Convidamos vocês para conhecer mais sobre alguns dos problemas socioambientais brasileiros e para discutir – a partir de nossas vivências, da literatura e das mais variadas formas de saber – como nós podemos construir um planeta mais solidário e sustentável.

>> Esta aula gratuita integra um novo curso que no mês de agosto vai dedicar 3 aulas para uma investigação mais profunda do tema. O curso "Ler o ontem, construir o amanhã: diálogos sobre racismo ambiental", também ministrado por Ana Sanches, Izabela Santos e Maria Carolina Casati, já está com inscrições abertas, garanta sua vaga!

https://www.acapivaracultural.com.br/events/ler-o-ontem-construir-o-amanha-dialogos-sobre-racismo-ambiental-com-ana-sanches-iza-santos-e-carolina-casati

>> Esta aula faz parte do projeto PRETAPALAVRA, uma iniciativa d'A Capi e @encruzilinhas para divulgar e amplificar as vozes de escritoras negras.

Ana Cláudia Sanches Baptista é mulher negra, periférica e praiana. É turismóloga, mestra em Ciências pela Faculdade de Saúde Pública da USP e atualmente cursa o doutorado no programa de Mudança Social e Participação Política, na Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo, USP/Leste. É pesquisadora sobre raça e desigualdades socioambientais, através da ótica do racismo ambiental e ecologismo decolonial. Atua como como assessora de projetos no Instituto Pólis e como ativista no movimento negro e socioambiental brasileiro.

Izabela Santos é mulher negra e nortista. Bacharel em Engenharia Ambiental (UEPA). Doutora em Ciência Ambiental (PROCAM/USP). Possui experiência em projetos na área ambiental, com ênfase em metodologias participativas, gestão de água, saneamento básico e análise de políticas públicas de meio ambiente. Sua pesquisa está associada com riscos e vulnerabilidade socioambiental, governança da água, Water-Energy-food nexus, racismo e injustiça ambiental. Realiza pesquisa-ação para transformação e engajamento socioambiental.

Maria Carolina Casati é mulher negra, professora, escritora. Atualmente cursa o doutorado na EACH-USP, no Programa de Pós-Graduação em Mudança Social e Participação Política. Apaixonada pela palavra, é idealizadora do @encruzilinhas, um projeto de leitura e debate de textos sobre negritude, gênero, feminismos e militância. É mãe do TumTum, filha de Figênia e Brogio, neta de Zelia e amiga de muitas, mas, primeiramente, do G7.

Compartilhar evento

bottom of page