top of page
Cena em prosa: a escrita como processo - Da personagem transgressora, com Deise Abreu Pacheco
Cena em prosa: a escrita como processo - Da personagem transgressora, com Deise Abreu Pacheco

Cena em prosa: a escrita como processo - Da personagem transgressora, com Deise Abreu Pacheco

Datas: 04, 11, 18 e 25 de setembro (segundas-feiras) Horário: das 19h30 às 21h30

As inscrições estão encerradas
Consulte a nossa agenda

Local e Horário

04 de set. de 2023, 19:30 – 25 de set. de 2023, 21:30

Transmissão via Zoom

Sobre o Evento

“Cena em prosa” é uma oficina voltada para práticas de escrita criativa, tendo por  princípio a noção de cena enquanto expediente estético e pedagógico constituído por  três dimensões centrais: a espacialidade, a temporalidade e o acontecimento.

Com enfoque na dimensão processual e formativa da escrita, a cada semestre será  oferecido um módulo inédito, com a apresentação de novas perspectivas de práticas de  escrita, associadas a um recorte temático, sempre em diálogo com obras literárias em prosa (romance, conto, crônica, novela, etc.).

As aulas adotam uma abordagem expositiva e dialógica, com o desenvolvimento de  exercícios a partir de referências situacionais específicas (onde, o quê, quem e quando), estabelecendo um solo consistente e prazeroso, que estimula o processo de criação dos participantes.

Tema: Da personagem transgressora

Nesta oficina, abordaremos o tema da personagem transgressora, em diálogo com o romance Carol, da aclamada autora estadunidense Patricia Highsmith (1921-1995). A obra foi publicada em 1952, inicialmente intitulada The Price of Salt, sob o pseudônimo de Claire  Morgan. Em 1990, foi relançada com o novo título e, finalmente, assinada por Highsmith, em edição que também inclui um posfácio da autora. Em 2015, o romance ganhou adaptação para o cinema, o aclamado filme Carol, com Cate Blanchett e Rooney Mara. A história trata do relacionamento amoroso  entre duas mulheres no início dos anos 1950, sendo considerado um marco na história da literatura LGBTQIA+ por conceder, pela primeira vez, um final feliz a um casal homoafetivo.

Em Carol, Highsmith coloca em confronto concepções morais de norma e de transgressão, trazendo à tona a sinuosidade do desejo, da culpa, da angústia e da liberdade, a partir da  experiência das duas personagens centrais de sua obra: Therese Belivet e Carol Aird.

Em diálogo com esse romance de Highsmith, iremos enfocar a noção de personagem, com base nas origens latina e grega para o termo, respectivamente, per sonare (soar através, ressoar) e prosopon (máscara, face, rosto), tendo em vista sua função dramática no âmbito da cena. Desse modo, pretendemos, por um lado, apontar para a ideia da criação da personagem como a capacidade de fazermos ressoar uma voz própria, e, por outro, detectarmos a singularidade da dimensão transgressora dessas personagens no contexto da obra Carol. Por meio dessa conexão, desenvolvemos práticas de escrita que estimulem os participantes a  investigarem aspectos subjetivos e objetivos na construção da personagem literária, levando  em conta suas questões e interesses específicos no campo da escrita.

>> As aulas ficam gravadas e você pode assistir posteriormente!

>> Emitimos certificado de participação!

>> Aceitamos pagamento via Pix, Boleto Bancário, PayPal ou em até 3x sem juros no cartão, para pagamentos acima de R$300,00.

AULA 1:

✔ Apresentação da obra The Price of Salt Carol (de Claire Morgan/ Patricia  Highsmith) no contexto de suas publicações e do imenso sucesso de recepção da obra, além de alguns de seus desdobramentos;

✔ Apresentação dos pressupostos da noção de personagem, segundo as concepções latina e grega, no âmbito da cena;

✔ Apresentação do eixo de trabalho para os exercícios: referências situacionais  específicas (onde, o quê, quem e quando);

✔ Exercício em aula: leitura em voz alta de alguns trechos da obra de Highsmith; ✔ Tomando por base os tópicos tratados, proposta de exercício de escrita baseado na  ideia da personagem como “o ressoar de uma voz própria” para os participantes  desenvolverem para a aula seguinte.

AULA 2:

✔ Partilha dos exercícios de escrita produzidos pelos participantes: os textos produzidos  serão lidos em voz alta e discutidos em grupo, tendo em vista as proposições lançadas  na aula anterior.

AULA 3:

✔ Highsmith leitora de Kierkegaard: apresentação de perspectivas existenciais na obra  Carol, tendo em vista o confronto moral entre norma e transgressão, por via das  noções de desejo, culpa, angústia e liberdade, a partir do pensamento do filósofo Søren  Kierkegaard, considerado pela autora como um dos seus mestres;

✔ A partir das perspectivas existenciais levantadas, retomaremos a discussão em torno  do tema da “personagem transgressora”;

✔ Exercício em aula: leitura em voz alta de alguns trechos da obra de Highsmith; ✔ Tomando por base os tópicos tratados, proposta de exercício a partir do tema da “personagem transgressora” para que os participantes desenvolvam para a aula  seguinte.

AULA 4:

✔ Partilha dos exercícios desenvolvidos pelos participantes: os textos produzidos serão  lidos em voz alta e discutidos pelo grupo, tendo em vista as proposições lançadas na  aula anterior.

PÚBLICO ALVO: Pessoas interessadas em processos criativos, práticas de escrita e leitura de obras literárias em prosa. Pré-requisito: idade mínima 16 anos.  Pré-requisito: idade mínima 16 anos. Não é obrigatória a leitura prévia do livro Carol para participar da oficina.

A oficina tem o apoio dos parceiros da:

Livraria da Tarde: www.livrariadatarde.com.br

Editora Todavia: www.todavialivros.com.br

Deise Abreu Pacheco é doutora (FAPESP/Capes) em Artes Cênicas pela Escola de Comunicações e Artes da  Universidade de São Paulo (ECA/USP), com estágio de pesquisa doutoral em Filosofia  no Søren Kierkegaard Research Centre (SKC), da Universidade de Copenhague  (Dinamarca, 2015). Possui graduação em Direção Teatral e mestrado em Pedagogia das  Artes Cênicas (ECA/USP), em que investiga processos de criação nas peças didáticas de  Bertolt Brecht.

Integrou o corpo docente do programa de Pós-Graduação em Escrita Criativa da  Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP, 2018-19), ministrando a disciplina  “Elementos de Ficção”. No campo literário, é autora do livro de tirinhas A vida de Deise (Tomo I), pela Hucitec Editora (2022), em parceria com a poeta, tradutora e professora  de literatura de expressão francesa Ana Cláudia Romano Ribeiro, com que também é  casada. É autora do romance LGBTQIA+ intitulado Começando Albertina (nossa vida  no armário nos anos 90), que será lançado pela editora Editacuja em junho de 2023.

Ingressos

  • Inscrição Integral

    (Pagto. em até 3X no cartão)

    R$ 370,00
    Vendas encerradas
  • Inscrição Social (50%off)

    Destinado a estudantes de graduação e pós graduação, bolsistas CAPES/CNPq e pessoas em situação de vulnerabilidade social. (**Vagas Limitadas)

    R$ 185,00
    Esgotado
  • Inscrição + Doação

    (Pagto. em até 3X no cartão) A quantia doada acima do valor integral do ingresso nos ajuda a manter o nosso programa de bolsas (apoie um aluno)

    R$ 470,00
    Vendas encerradas
  • Inscrição Ex-alunos Capivara

    (Pagto. em até 3X no cartão) Destinado exclusivamente aos alunos que já fizeram algum de nossos cursos pagos.

    R$ 333,00
    Vendas encerradas

Total

R$ 0,00

Compartilhar evento

bottom of page