top of page

Quatro poemas de Uljana Wolf, por Claudia Abeling #tradução&poesia




Uljana Wolf nasceu em 1979, em Berlim. É poeta, tradutora e editora, com dois livros de poesia publicados. Apareceu nestas plagas por obra e arte de Guilherme Gontijo Flores e Ricardo Pozzo, que selecionaram alguns poemas seus e arregaçaram as mangas para trazer ao português brasileiro uma fatura poética em tensão entre línguas. O resultado é Nosso amor de trincheira, nosso trânsito de fronteira (Belo Horizonte: Moinhos, 2019).


Cidadãos e cidadãs do mundo, refugiad@s ou não (não dá para não lembrar da guerra), têm de se haver (sempre tiveram) com uma babel de línguas: eis um dos seus possíveis retratos em letras.









#tradução&poesia - Curadoria de Claudia Abeling




Claudia Abeling é paulistana; se lhe perguntam da profissão, diz que “trabalha com livros” – quer dizer: lê, escreve, revisa, traduz, edita. As atividades mudam a cada vez, mas o objeto é sempre o mesmo. Formalmente, cursou Editoração na ECA/USP e trabalhou em diversas editoras. No momento, a tradução do alemão é preponderante. Em 2019, com p:l:a:n:g:e:p:l:a:n:g:e (SP: Quelônio), pela primeira vez seu nome saiu da página de créditos e foi parar numa capa.











Comments


bottom of page