top of page

#apoetadesabado Audre Lorde - A unicórnia preta


Audre Lorde


Poeta americana, nascida em Nova Iorque em 18 de fevereiro de 1934, em uma família de imigrantes do Caribe.


Começou a publicar na década de 60, na revista de Langston Hughes, New Negro Poets, USA. Neste período, engajou-se nos movimentos Feminista, Anti-Guerra e dos Direitos Civis.


Seu livro de estreia foi The First Cities (1968), publicado pela editora Poet´s Press e editado por Diane di Prima.


Seu segundo livro, de 1970, foi Cables to Rage, seguido de volumes como From a Land Where Other People Live (1973), Coal (1976), Between Our Selves (1976), The Black Unicorn (1978) e The Cancer Journals (1980). Entre 1984 e 1992, ano de sua morte, a poeta viveu e trabalhou em Berlim, Alemanha, período sobre o qual a diretora Dagmar Schultz lançou, em 2020, o documentário Audre Lorde: The Berlin Years (1984 - 1992).



**A Unicórnia Preta, Relicário Edições, 2020. Tradução de Stephanie Borges.











Comentarios


bottom of page